“Não dá para transar”, reclama Isis Valverde sobre maternidade

A atriz compartilhou seus desafios como nova mãe, principalmente na fase pós-parto

Instagram/ReproduçãoInstagram/Reprodução

atualizado 05/05/2019 14:17

Mãe de primeira viagem, a atriz Isis Valverde desabafou sobre os desafios da maternidade em entrevista ao jornal O Globo, publicada neste domingo (05/05/2019). Entre os principais pontos discutidos com a jornalista Joana Dale estão as expectativas sobre novas mamães, baby blues, sexo e líbido.

Ela revelou que no puerpério, fase logo após a mulher dar a luz, é difícil manter relações sexuais com o marido. “Não tem como você chorar o dia inteiro e dar uma paradinha para transar com o marido. Você está triste. E o homem tem que entender. Mas é preciso cuidar do casamento”, disse à publicação.

A atriz apontou que é difícil cuidar do lar, do filho e do marido e que para equilibrar os três é necessário haver muita conversa no casamento. Isis ainda conta que o companheiro, André Resende, é louco pelo primogênito e tem sido muito compreensivo com as mudanças hormonais da atriz.

“Ele respeitou toda a minha bipolaridade nos primeiros meses, quando eu começava a chorar, berrava de fome, aliás, como amamentar me deixa faminta! O pai e os irmãos dele também ficaram surpresos com o paizão que ele se tornou. Tenho orgulho”, contou.

A mamãe ainda afirma que perdeu o peso conquistado da gravidez graças a muitas noites sem dormir e que a sociedade impõe o que chamou como “maternidade de anulação”. Ela considera que falta empatia e respeito às novas mães que, em geral, passam por um período de fragilidade, que só é possível ser superado com uma rede de apoio, segundo a atriz.

Ela ainda aponta que é normal sentir melancolia, por causa dos hormônios, e que esses momentos são importantes, mas doloridos, para preparar as mulheres para a maternidade. Isis afirma que Rael será filho único, pois quer ser uma mãe presente e tem um agenda agitada.

Últimas notícias