Filha de Gugu Liberato afirma que não está mais brigada com irmão

Marina e Sofia, de 17 anos, não se entenderam com João Augusto, de 20, após a morte do apresentador

atualizado 18/11/2021 14:46

Marina LiberatoReprodução/Instagram

Após a morte de Gugu, em novembro de 2019, foi iniciada uma briga entre os seus três herdeiros. De um lado, estavam as gêmeas Marina e Sofia, de 17 anos e, do outro, João Augusto, de 20 anos.

A disputa pela herança rachou a família ao meio e foi recheada de disputas judiciais. Entretanto, ao responder um seguidor no Instagram, Marina afirmou que não há mais briga. “Mentira. A gente não está brigado e eu falei com ele hoje”, disse a jovem.

0

Apesar da declaração, Marina não participou do aniversário do irmão velho, que completou 20 anos no último dia 10 de novembro. Ele comemorou a data apenas com a namorada e a mãe, Rose Miriam.

Briga pela herança

Gugu Liberato morreu em 21 de novembro de 2019, aos 60 anos, após sofrer um acidente doméstico em sua casa em Orlando, nos EUA. Em seu testamento, o apresentador deixou 75% de sua fortuna, avaliada em R$ 1 bilhão, para ser dividida em partes iguais entre os três filhos. Os outros 25% ele estipulou que fosse partilhados, também igualmente, entre os cinco sobrinhos.

Rose não aceitou a partilha e entrou na Justiça brasileira com um pedido de reconhecimento de união estável com Gugu, alegando que vivia com o apresentador e, por isso, tinha direito a parte da herança bilionária.

A família de Gugu alega que ela era apenas mãe dos filhos e que eles jamais tiveram uma relação. Em maio de 2020, a juíza Eliane da Câmara Leite Ferreira, da 1º Vara da Família e Sucessões, em São Paulo, retirou Rose da ação de inventário do apresentador.

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos

Mais lidas
Últimas notícias