Fábio Porchat sobre machismo: “Claro que sou, todo homem é”

O artista também falou sobre o politicamente correto no trabalho de comediantes: "Não existe isso de que fazer humor está difícil"

atualizado 23/04/2019 14:18

Divulgação

Sempre espontâneo, Fábio Porchat soltou o verbo ao falar sobre humor na televisão em entrevista a Luciana Gimenez, na RedeTV!. Protagonista da série Homens?, que aborda temas como machismo, assédio e padrões sociais, Porchat discordou que o politicamente correto atrapalhe o trabalho de comediantes, mas assumiu ser machista.

“Sou, claro, todo homem é”, declarou. “A gente precisa se policiar. Lógico que não sou machista babaca que pega na bunda da mulher passando. Por exemplo, na estreia de Jurassic Park eu ganhei uma máscara de dinossauro. Pensei em dar para sobrinho de uma amiga minha e minha mulher, Natalie, falou: ‘Por que você não dá para a Nina, filha da Miá [Mello]? Ela vai amar’. Eu disse: ‘Não, mas isso é um brinquedo meio bruto, mais de menino’”.

0

Sobre fazer humor na atualidade, Porchat desabafou: “Ele [o politicamente correto] te faz pensar. Muita gente fazia uma piada e, se alguém se ofendesse, dizia: ‘Ah, nem pensei na hora’. Não é muito ruim a gente falar uma coisa que a gente nem pensou? É melhor falar uma coisa que a gente pensou”.

“Não existe isso de que fazer humor está difícil. Acho que os tempos mudaram para todo mundo. Fazer publicidade está diferente, fazer jornalismo está diferente, fazer programa de televisão… Está tudo diferente, mas a gente tem que se adaptar”, refletiu o artista, que comandou o Tudo Pela Audiência (2014-2016) ao lado de Tatá Werneck, a quem rasgou seda.

“Ela é genial. Está gravidíssima agora. Fazer o programa com ela foi sensacional. Ela é o máximo, rápida, ágil. Era uma dupla real, não tinha competição”, garantiu. Sobre a extinção do Programa do Porchat, na RecordTV, em 2018, o humorista afirmou: “Acho que era hora de parar. Foi uma decisão totalmente consciente”. A edição do programa Luciana By Night com Porchat irá ao ar nesta terça-feira (23/04/19).

Últimas notícias