metropoles.com

Ex-atriz pornô Mia Khalifa é demitida após comemorar ataques do Hamas

Ex-atriz pornô de origem libanesa, Mia Khalifa se posicionou a favor dos ataques do Hamas em Israel e foi detonada por contratante

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
Foto colorida de Mia Khalifa com blusa amarela e óculos - Metrópoles
1 de 1 Foto colorida de Mia Khalifa com blusa amarela e óculos - Metrópoles - Foto: Reprodução

A ex-atriz pornô Mia Khalifa usou as redes sociais no final de semana para comemorar os ataques realizados pelo  grupo extremista Hamas no território israelense. Apoiadora declarada da causa palestina, a libanesa chegou a comparar a imagem de terroristas em Israel a um quadro renascentista.

guerra entre Israel e o Hamas entrou em seu terceiro dia, com um saldo de 1.200 mortos confirmados até agora. De acordo com Yoav Gallant, ministro da Defesa israelense, há um “cerco completo” a Gaza. “Não há eletricidade, não há comida, não há água, não há combustível”, disse o ministro israelense.

Ao comentar o conflito, a atriz de origem libanesa pediu aos militantes do Hamas que virassem seus telefones e filmassem os registros dos conflitos na horizontal.

“Eu só quero ter certeza de que haverá imagens em 4K do meu povo quebrando as paredes da prisão ao ar livre em que foram forçados a sair de suas casas, para que tenhamos boas opções para os livros de história que escrevem sobre como eles se libertaram do apartheid”, defendeu mais tarde, em outra publicação.

Ela ainda criticou a influenciadora e socialite americana Kylie Jenner, por prestar apoio a Israel em sua conta do Instagram.

“Se existir jornalismo verdadeiro, a próxima pessoa a falar com Kylie Jenner pedirá sua opinião sobre as tensões geopolíticas no Oriente Médio e não perderá o contato visual até que ela consiga juntar uma frase coerente, já que ela deseja tanto tomar uma posição diante de seus 400 milhões de seguidores”. Horas depois, a publicação foi apagada.

0
Demissão
“Considere-se demitida imediatamente. Simplesmente nojento. Além de nojento. Por favor, evolua e se torne um ser humano melhor. O facto de você estar a tolerar a morte, a violação, os espancamentos e a tomada de reféns é verdadeiramente nojento. Nenhuma palavra pode explicar sua ignorância. Precisamos que os humanos se unam, especialmente diante de uma tragédia. Rezo para que você se torne uma pessoa melhor. No entanto, parece claramente que é tarde demais para você”, escreveu o empresário. 
Em resposta, Mia ironizou a demissão. “Eu diria que apoiar a Palestina me fez perder oportunidades de negócios, mas estou mais zangado comigo mesmo por não ter verificado se estava ou não a fazer negócios com sionistas. Meu erro”, escreveu.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações