Bruna Marquezine detona Leo Dias, que rebate: “Não é perseguição”

Atriz se manifestou acerca de uma entrevista concedida ao Fofocalizando que o jornalista deixou de exibir

Getty ImagesGetty Images

atualizado 22/03/2019 16:35

A discussão entre Bruna Marquezine e o Fofocalizando saiu das telinhas para a internet. Depois de passar por uma saia justa ao responder uma repórter do vespertino, Bruna se envolveu em uma polêmica com Leo Dias, que cortou a entrevista do programa.

“A entrevista com Bruna Marquezine não será mais exibida no Fofocalizando. Por respeito à atriz”, havia escrito o jornalista no Twitter. Contudo, revoltada com o episódio, Bruna publicou um textão em resposta ao comunicador.

“O material não vai ao ar porque – e ainda bem, porque retoma a minha crença na bondade humana – o próprio público se manifestou em sua grande maioria a meu favor quando viram as chamadas para essa suposta matéria”, disse.

“Há muito tempo narrativas fictícias e distorções absurdas de fatos tomam conta especialmente do ambiente midiático e das redes sociais. Elas são construídas e alimentadas com a única finalidade de dar audiência e cliques a qualquer preço”, escreveu ainda a global.

Por último, ela tornou a criticar o sensacionalismo do programa comandado por Dias: “Essa entrevista – um episódio que devera ser uma aula do que não fazer no jornalismo – não deixará de ser exibida por respeito a mim. Esse programa e esse jornalista nunca me respeitaram como pessoa, como cidadã e nem como profissional”.

Dias, tentando contornar a situação, rebateu logo em seguida: “Bruna, esta reportagem de ontem não foi feita por mim e, após analisarmos melhor a situação, sugeri não exibirmos. Procuramos por diversas vezes você e a sua assessoria de imprensa ao longo desses últimos anos. Não há perseguição alguma”.

Confira um trecho da entrevista citada:

Últimas notícias