Biel é acusado de agressão verbal, sexual e psicológica contra esposa

Ex-funkeiro será julgado em uma Corte nos Estados Unidos

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 20/04/2018 19:39

O cantor Biel, que deixou o Brasil há mais de 1 ano para tentar carreira nos Estados Unidos, será julgado diante de um júri no próximo dia 26 de abril. Ele iniciou carreira cantando funk ostentação, mas depois de se envolver em inúmeras polêmicas no Brasil, o artista fez moradia na Califórnia. Por lá, casou-se com Duda Castro, de 26 anos.

De acordo com informações dadas por Leo Dias no Fofocalizando desta sexta-feira (20/4), Biel casou-se em segredo. Afastado da fama, com a carreira indo por água abaixo, o ex-funkeiro teria iniciado um romance com a jovem, mas, após várias discussões e acusações, o casal teria se desentendido. No domingo de Páscoa, o cantor teria agredido física e moralmente a esposa, tendo ajuda da irmã dele, Giovanna Araújo, para espancá-la.

Ainda de acordo com o jornalista, Duda chegou a revidar o ataque, atirando contra o ex-funkeiro um objeto de vidro. Biel foi levado ao hospital, onde levou 13 pontos no rosto. Duda foi presa pela polícia americana. Contudo, apesar de ter apanhado, a Justiça levou o caso de Biel adiante, principalmente após a assessoria da jovem divulgar fotos dela com hematomas e feridas, e ele será julgado por uma Corte nos Estados Unidos.

Além disso, Duda acusou o companheiro de fazer com que ela acumulasse uma dívida de cerca de 12 mil dólares. Isso porque, segundo a jovem, ela o sustentava e Biel não tinha fonte de renda.

Durante a atração do SBT, Leo Dias ainda apresentou um esclarecimento de Duda, que tenta descrever seu relacionamento conturbado ao lado do cantor. “Sofri nos últimos 7 meses tudo o que foi violência verbal, sexual e psicológica. Ele me abandonou diversas vezes, me traiu, me afastou dos meus amigos e me manteve dormindo no chão. Muitas vezes nem comida eu tive. Sofri muita humilhação, me chamava de esposa, mas dizia para os outros que estávamos separados. Me prendia do lado de fora da casa enquanto estava na balada com outras mulheres. Me esgotei na Páscoa, e acabei brigando com ele. Estou destruída, pesando 45kg. Eu quero minha alegria de volta”, afirmou.

Na tarde desta sexta-feira Biel foi às redes sociais criticar as afirmações de Leo Dias: “Estão falando um monte de baboseiras”, disse. Porém, o jornalista se justifica, dizendo que a versão apresentada no programa é da mulher dele. Ainda assim, o cantor declara que não merece ser exposto.

Carreira destruída

Biel começou a carreira cantando funk ostentação, ganhou milhares de visualizações no YouTube e foi intitulado por seus fãs como Justin Bieber brasileiro. Em 2015, assinou com Warner Music, tirando o Mc do título, e partindo para músicas pop.

Em junho 2016, o artista se envolveu em uma confusão e foi acusado de assédio contra a jornalista Giulia Pereira. Durante a entrevista, ele a chamou de “gostosinha” e prometeu que, se transasse com ela, “a quebraria no meio”.

Seguidores dele começaram a desconfiar de seu caráter, e encontraram falas comprometedoras na web. “Bom dia, negros fedidos”, com teor racista, é a frase mais marcante do cantor no Twitter.

Depois do incidente com Giulia Pereira, Biel gravou um vídeo pedindo desculpas à jornalista, mas sua carreira começou a ir por água abaixo a partir deste momento. Por conta do comentário contra a profissional, Biel foi intimado a pagar uma multa de R$ 4.4 mil a uma instituição de caridade. Atualmente, o ex-funkeiro não consegue repercutir sua carreira na internet, nem se expõe mais.

Últimas notícias