Barraco na família Gagliasso. Thiago desabafa sobre briga com Bruno

"Ele não soube respeitar o meu posicionamento", afirmou o irmão menos famoso da família

atualizado 26/10/2018 13:34

A família Gagliasso tomou conta dos holofotes entre as celebridades desde que Thiago compartilhou no Instagram a briga que teve com a esposa de Bruno, Giovanna Ewbank, por conta do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro. Durante entrevista a Antonia Fontenelle, no YouTube, o mais jovem dos irmãos deu sua versão dos fatos.

“Somos [Bruno e ele] pessoas diferentes, temos gostos diferentes, amigos diferentes, ciclos sociais diferentes. E ele não soube respeitar o meu posicionamento. Essas diferenças nossas extrapolaram através da política quando ele levou para o lado pessoal e não respeitou meu posicionamento. De achar que sou um ser humano pior ou melhor pelo meu voto, por quem apoio ou pelo que acredito”, afirmou ele.

Thiago garantiu que não se arrependeu de ter tornado a briga um assunto público. “Não foi uma atitude correta, mas não me arrependo. Acho que foi necessário. Eu acho que as pessoas na internet mostram uma realidade que talvez não seja a realidade real. Foi um momento de desabafo, direito meu, não gostei de ouvir certas coisas. Sou muito grato ao meu irmão, sempre fui e sempre serei, só que chegou um momento em que a gente precisa se afastar um pouco para que ele reveja os conceitos dele, eu os meus, e quem sabe lá na frente a gente possa sentar como duas pessoas normais e não como ‘ah, você é racista, homofóbico por apoiar o Bolsonaro”, afirmou.

Além disso, Thiago quis deixar claro que sua carreira sempre foi independente do sucesso de seu irmão mais famoso. “No primeiro personagem que fiz eu fui muito bem, renovei meu contrato, aí caí em ‘Mutantes’ e fui apanhando muito da mídia, comparação, e não tinha estômago para isso. Foi me desmotivando dentro da emissora. Aí fui para ‘A Fazenda’, na época tinha dito que cabra não era cachorro e que às vezes precisava dar uns trancos às vezes. Aí os protetores vieram e aquilo deu audiência demais e me tirou. Foi uma experiência, foi maravilhoso”, lembrou ele, que considera ter tido portas fechadas na Globo. “Fiquei muito tempo na Record. Fechou um pouco as portas para mim depois do reality, não foi uma repercussão tão boa. Tentava voltar, não entendia o que estava acontecendo. Bruno não pediu por mim lá dentro [da Globo]”, completou. Assista: