metropoles.com

Após morte de fã, Taylor Swift adia show no Rio de Janeiro

Cantora postou em suas redes sociais que preferiu não voltar a subir no palco pelas temperaturas extremas no Rio de Janeiro

atualizado

Compartilhar notícia

Buda Mendes/TAS23/Getty Images for TAS Rights Management
imagem da cantora taylor swift tocando piano no rio de janeiro durantee a eras tour
1 de 1 imagem da cantora taylor swift tocando piano no rio de janeiro durantee a eras tour - Foto: Buda Mendes/TAS23/Getty Images for TAS Rights Management

Após uma fã passar mal e morrer no show da última sexta-feira (17/11) no Rio de Janeiro, a cantora Taylor Swift decidiu adiar a apresentação que faria hoje na cidade. A nova data da apresentação será segunda-feira (20/11).

“Escrevo isso do meu camarim. Vou adiar o show de hoje por conta das temperaturas extremas no Rio. A segurança e o bem-estar de meus fãs, dos aritstas e da minha equipe está em primeiro lugar e sempre estará”, escreveu a cantora em carta suscinta em seus stories do Instagram.

Já havia uma série de fãs da cantora aguardando no estádio do Engenhão, mesmo local onde foi realizada a apresentação da sexta. Com o recorde de calor registrado neste sábado (18/11) no Rio de Janeiro, os fãs chegaram a ser atendidos emergencialmente por caminhões pipa dos bombeiros para não passarem mal.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), postou um vídeo nas redes sociais justificando o adiamento: “A temperatura está muito alta no Engenhão e tivemos muitos atendimentos médicos. Os ingressos valerão para a segunda-feira, tenham tranquilidade”, disse.

Jovem morreu no show da sexta-feira

Taylor Swift realizaria seu segundo show da “The Eras Tour” no Brasil neste sábado (18/11). Na primeira apresentação, a estudante de psicologia Ana Clara Benevides, de 23 anos, morreu. As circunstâncias do falecimento ainda estão sendo apuradas, mas de acordo com sua amiga, Daniele Menin, ela desmaiou logo nas primeiras músicas do show.

Ao longo deste sábado, fãs relataram preocupações sobre o calor e sobre as condições do evento, que não havia permitido que se ingressasse ao estádio portando garrafas d’água. Uma movimentação on-line surgiu ainda na manhã do sábado para criar um abaixo-assinado que obrigue empresas que promovem eventos no Brasil a fornecerem água gratuitamente ao público.

 

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações