Lei pode acabar com motocicletas a gasolina em 10 anos

A proposta determina, ainda, a proibição da circulação de motores a combustão em 2040

atualizado 14/02/2020 20:44

A venda de veículos novos movidos a combustíveis fósseis, como gasolina ou diesel (etanol não, pois é considerado biocombustível), tem data para acabar. Primeiro de janeiro de 2030. Isso é o que propõe um projeto de lei que está tramitando no Senado. A proposta determina, ainda, a proibição da circulação de motores a combustão em 2040. Será que chegamos ao fim da linha para as tradicionais motos que usamos para transporte e lazer?

O projeto de lei que institui uma política de substituição de automóveis movidos a combustíveis fósseis, o PLS 304/2017, foi proposto pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI). Ele já foi provado nesta semana pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e agora avança para outras etapas dentro da casa.

Leia mais no Motoline, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias