*
 

O clima alegre do Carnaval parece não ter contagiado MC Livinho. O funkeiro esbanjou hostilidade ao chegar no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, no último domingo (12/2). Um dos convidados do camarote Wood’s, Livinho passou rapidamente pelos fotógrafos para evitar que o fotografassem e ignorou os repórteres que tentaram entrevistá-lo.

O MC ainda comentou com um dos seguranças a antipatia pela imprensa. “Tenho nojo da mídia. Se puder, ignoro toda vez”. Ainda assim, o dono do camarote onde o funkeiro era uma das atrações, o convenceu a posar, ao menos, para a foto oficial.

Conhecido por seu comportamento explosivo, o cantor já foi acusado de agressão mais de uma vez. A primeira quando interrompeu um show e atacou uma pessoa na plateia. Na mais recente confusão, em janeiro deste ano, o funkeiro partiu para cima de um técnico de som. O artista ainda responde por acusação de injúria racial em Ribeirão Preto, após constranger uma modelo negra com brincadeiras racistas sobre o cabelo da jovem.