Vídeo: pai e filho armados aterrorizam condomínio no Entorno do DF

Com uma pistola e uma escopeta, os dois ameaçaram o síndico de morte por causa de multas que eles levaram por descumprir regras do local

atualizado 30/03/2022 17:36

pai e filho armados em condomínio no entorno do DFReprodução

Goiânia – Moradores de um condomínio residencial de Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, viveram momentos de terror na tarde dessa terça-feira (29/3), ao presenciarem dois homens armados.

Pai e filho, que também residem no local, surgiram com armas de fogo em frente à casa do síndico e o ameaçaram de morte por causa de multas que eles levaram por descumprir regras do local. O condomínio fica no bairro Ypiranga A.

Alguns moradores chegaram a fazer vídeos para registrar a ação dos dois. “Olha esse homem armado aqui dentro do condomínio, meu Deus”, diz uma mulher nas imagens.

Veja o vídeo:

As casas dos condôminos ficam próximas umas das outras e o barulho dos gritos, logo, chamou a atenção das pessoas que estavam no local. Ao perceberem que se tratava de uma briga, com homens armados e gritando em tom de ameaça, todos ficaram com medo do que poderia acontecer.

Pai e filho pararam de carro na porta da residência do síndico, que fica ao lado do portão de entrada e saída do condomínio. Em seguida, eles desceram já com armas em punho e deram início à discussão.

Em determinado momento das imagens, é possível notar que um deles chega a apontar a arma para o veículo que estava parado na garagem da casa do síndico. Os moradores do local, com medo de que algo de pior pudesse acontecer, acionaram a Polícia Militar pelo 190.

0

Armas de grosso calibre

Uma viatura das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) estava nas imediações e patrulhou a região, assim que soube do chamado. Pai e filho saíram do condomínio de carro, após a briga, e foram abordados na rua pelos militares.

O tenente Bruno Guimarães da Rotam, que atendeu a ocorrência, falou com o Metrópoles. Segundo ele, as armas utilizadas pelos dois, uma pistola calibre .765 e uma escopeta calibre .12, estavam ilegais e foram apreendidas.

Os homens foram conduzidos até a delegacia da região, após constatado o porte ilegal de arma de fogo. Além disso, eles vão responder pelo crime de ameaça, pois o síndico registrou a ocorrência contra os dois.

Os nomes de pai e filho não foram divulgados. Ainda de acordo com o tenente Bruno, eles não chegaram a fazer nenhum disparo no interior do condomínio, apesar das ameaças.

Mais lidas
Últimas notícias