Vídeo: homem morre afogado no Ceará e banhistas se revoltam

Caso aconteceu no Buraco Azul, ponto turístico bastante frequentado no município de Cruz (CE). Vítima era um turista de 30 anos

atualizado 21/03/2022 19:44

pessoas com roupas de banho vandalizam barraca de praiaReprodução

Um homem de 30 anos, morador do estado de São Paulo, morreu afogado na tarde desta segunda-feira (21/3) em um lago conhecido como Buraco Azul, localizado na comunidade de Caiçara, na zona rural do município de Cruz, litoral oeste do Ceará.

Testemunhas disseram que o homem ficou cerca de 30 minutos embaixo d’água. Os únicos dois salva-vidas que trabalhavam no local tentaram fazer o resgate, mas precisaram da ajuda de outros banhistas para localizar a vítima e retirá-la do lago.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram banhistas revoltados com a situação. É possível ver um homem arremessando pedras contra uma barraca e pessoas brigando com funcionários que trabalham no local. O motivo da revolta teria sido a demora para retirar a vítima da água e socorrê-la.

Confira imagens da confusão:

 

De acordo com informações, no local havia um helicóptero particular que realizava passeios pela região. No entanto, o proprietário do helicóptero se recusou a transportar o paciente para uma unidade de saúde.

Após ser ameaçado pelos turistas, entretanto, decidiu ajudar o rapaz, que foi transferido para a Unidade Básica de Saúde da praia do Preá, que fica próximo ao local do afogamento.

O Corpo de Bombeiros de Itapipoca foi acionado e chegou a se deslocar para a região, mas retornou após ser informado de que a vítima já havia sido socorrida.

O secretário de Turismo de Cruz, Marcelo Brandão, lamentou o ocorrido e afirmou que os fatos estão sendo apurados.

Mais lidas
Últimas notícias