Vascaíno de coração, Eduardo Paes diz que vai torcer pelo Flamengo

Se time rubro-negro ganhar mais uma Libertadores, prefeitura tem esquema pronto para fechar ruas do Centro para comemoração domingo (28/11)

atualizado 27/11/2021 11:31

Divulgação

Rio de JaneiroVascaíno de coração, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), declarou no Twitter que não vai estar no time de secadores contra o Flamengo que entra em campo contra o Palmeiras para disputar mais uma Taça Libertadores. A partida será no Uruguai, na tarde deste sábado (27/11). No Rio, a rivalidade é a marca das torcidas de Vasco e Flamengo.

Se o clube rubro-negro for campeão, a prefeitura tem esquema pronto para a comemoração do time pelas ruas do Centro, como aconteceu em 2019.

Em caso de vitória do Flamengo, a prefeitura pretende fechar, a partir das 5h, a Avenida Presidente Vargas para o desfile da delegação no trecho entre a Igreja da Candelária e a Praça da República. A comemoração poderia ocorrer até as 12h.

Rubro-negro de coração, o governador Cláudio Castro, do PL, viajou ao Uruguai para assistir à partida entre Flamengo e Palmeiras, que entram em campo, às 17h, horário de Brasília.

Mais lidas
Últimas notícias