Vacina contra meningite C é ampliada a crianças e trabalhador da saúde

A partir de agora, crianças de até 10 anos e profissionais da área poderão receber doses do imunizante

atualizado 05/07/2022 12:56

Vinícius Schmidt/Metrópoles

O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (5/7), a ampliação do público-alvo da vacina meningocócica C, contra a meningite. A partir de agora, crianças de até 10 anos de idade e trabalhadores da saúde poderão receber doses do imunizante.

A regra anterior previa duas doses da vacina, aos 3 e aos 5 meses da idade, e um reforço, aplicado preferencialmente aos 12 meses de idade. Agora, se uma criança de até 10 anos não tiver o esquema completa, poderá tomar uma dose do imunizante.

Para os trabalhadores da saúde, a aplicação será autorizada mesmo para os que têm esquema vacinal completo. A ampliação vai até fevereiro de 2023.

Na alteração, a pasta considera todos os trabalhadores de saúde, dos serviços público e privado, nos diferentes níveis de complexidade, como parte do público-alvo. A medida também vale para estudantes da área que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde.

De acordo com o órgão, apesar da faixa etária com maior risco de adoecimento ser a de crianças menores de 1 ano de idade, os adolescentes e jovens adultos são os principais responsáveis pela circulação da doença.

“A adoção desta estratégia tem como objetivo aumentar a proteção contra a doença causada por este sorogrupo, evitando a ocorrência de surtos, hospitalizações, sequelas, tratamentos de reabilitação e óbitos”, afirmou a coordenadora do Programa Nacional de Imunização, Adriana Lucena.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias