Um mês após morte de MC Kevin, Deolane lamenta: “Pior dor do mundo”

O cantor morreu no dia 16 de maio, quando caiu de uma sacada do quinto andar de um hotel do Rio de Janeiro. Kevin tinha 23 anos

atualizado 16/06/2021 8:08

Deolane Bezerra KevinReprodução

Após um mês da morte de Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, a viúva do cantor, Deolane Bezerra, lamentou pelas redes sociais. Em uma postagem no Instagram, a advogada publicou fotos do casamento que aconteceu em Tulum, no México, poucos dias antes da tragédia.

“Um mês sem você. Onde estiver quero que saiba que minha vida não é mais a mesma. A pior dor é a da saudade, sentir saudades de quem não vamos ver mais é uma das piores dores existentes no mundo. Continuo orando por você, por nós”, escreveu Deolane.

No sábado (12/6), Dia dos Namorados, a advogada publicou várias fotos do cantor na mesma rede social e revelou ter ido até o cemitério para enfeitar com flores brancas o túmulo do artista.

“Nunca imaginei ter que vir aqui para falar o quanto te amo. Feliz Dia dos Namorados. Este ano, eu só pude te presentear com flores, mas um dia eu te reencontrarei. Te amo, meu menino!”, publicou Deolane.

Conclusão da perícia

O laudo de perícia feito pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) no hotel em que MC Kevin morreu, no dia 16 de maio, concluiu que a morte do funkeiro foi acidental.  O documento, assinado pelo perito Luiz Alberto Moreira Coelho e obtido com exclusividade pelo jornal O Globo, aponta que não havia indícios de “briga” ou “ações violentas” na suíte.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) do Rio que analisou as substâncias presentes no sangue do músico, apontou que ele usou drogas antes de cair da sacada. Segundo o documento, ele ingeriu MDMA.

Antes da queda, MC Kevin estava com um amigo e a modelo Bianca Domiguez, contratada para um programa sexual por R$ 2 mil. Investigação da 16ª DP (Barra da Tijuca) aponta que ele teria tentado pular para outro quarto para escapar de um suposto flagrante da esposa.

Últimas notícias