Turismo: Embratur deixa ministério para se tornar uma agência

Após encontro com presidente Jair Bolsonaro, empresários do setor defenderam a liberação do visto para turistas dos EUA e mais três países

atualizado 24/04/2019 14:18

Reprodução / Facebook

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, adiantou que vai transformar o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) em uma agência de promoção e tirar o vínculo com a pasta. Álvaro Antônio participou de reunião com empresários do ramo e o presidente Jair Bolsonaro (PSL) nesta quarta-feira (24/04/2019).

Marcelo ainda não sabe se a mudança será feita por meio de um projeto de lei, medida provisória ou decreto, mas pretende usar o turismo como um instrumento para levantar a economia do país. “Vamos ocupar o espaço do centro da agenda econômica do Brasil, colocar em um patamar nunca visto”, completou.

“A transformação da Embratur em agência vai desengessar a atuação da Embratur, que hoje é uma autarquia do ministério, e vai aumentar a influência no exterior, melhorando a parceira com empresa privadas”, afirmou.

Na ocasião, o ministro comentou que “o turismo no Brasil está caro” e por isso prometeu criar a redução do custo no país para baratear viagens nacionais. Ainda, seguindo o comentário de Bolsonaro durante a campanha sobre a dificuldade em fazer mergulhos no país, Marcelo prometeu diminuir a burocracia das licenças.

 

Últimas notícias