Trio é preso suspeito de torturar e matar idosa durante roubo em Goiás

Segundo investigação, suspeitos acharam que idosa estaria na igreja no momento do crime, mas foram surpreendidos por ela dentro da casa

atualizado 25/05/2022 13:48

Operação prende suspeitos de torturar e matar idosa durante assalto em Goianira, Goiás Reprodução

Goiânia – Dois homens e uma mulher foram presos nesta quarta-feira (25/5) suspeito de torturar e matar uma idosa de 63 anos, dentro da casa dela, para roubar dinheiro, em Goianira, na região metropolitana da capital goiana. Segundo a Polícia Civil de Goiás, um adolescente foi apreendido suspeito de participar do crime, praticado em fevereiro deste ano.

A mulher que foi presa é mãe de um dos suspeitos. A equipe de investigação informou que ela obteve benefício com o roubo e tinha conhecimento de que o crime seria praticado.

Segundo a Polícia Civil, no dia em que entraram na casa, eles imaginaram que a vítima estaria numa igreja, já que era frequentadora assídua de um templo religioso. No entanto, os suspeitos a encontraram na residência e, em seguida, a mataram com uma paulada na cabeça para roubar dinheiro.

Os suspeitos, de acordo com a investigação, usaram o dinheiro para comprar drogas, tanto para consumo quanto para venda.

A polícia descobriu que eles recebiam informações privilegiadas sobre a rotina da idosa e, com isso, passaram a monitorar a vida dela.

De acordo com a investigação, dois suspeitos ficaram do lado de fora da casa para observar a movimentação na rua e um deles entrou na residência para cometer o crime.

Também foram cumpridos três mandados judiciais de busca e apreensão nas casas dos investigados.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias