TRF-1 inicia retomada de funcionamento de sites após ataque hacker

O crime cibernético comprometeu a atividade dos portais da Justiça Federal no Distrito Federal e em outros 13 estados

atualizado 28/11/2020 21:47

Ataque ao TRF1Reprodução

Após ter sido alvo de ataque hacker que suspendeu a atividade dos sistemas on-line por mais de 24 horas, o Tribunal Regional da 1ª Região (TRF-1) já iniciou a liberação dos portais. O crime cibernético comprometeu a atividade dos portais da Justiça Federal no Distrito Federal e em outros 13 estados.

Os supostos hackers publicaram, em um site usado para expor vazamentos, os nomes de arquivos que estariam em quatro das 47 bases de dados do TRF-1 que teriam sido invadidas.

O ataque foi comemorado nas redes pelos invasores, que afirmaram ter capturado os dados e que, dessa forma, conseguiram mostrar a “vulnerabilidade” do sistema do TRF-1. O tribunal, que abrange casos de 13 estados e do Distrito Federal, é o que abriga mais processos no país.

Em nota, a equipe da Secretaria de Tecnologia da Informação deste Tribunal Regional Federal informou que “permanece trabalhando e espera, já neste sábado (28/11), iniciar, de forma gradativa, o restabelecimento dos serviços de TI para acesso externo, à medida que for garantida a segurança adequada.”

Últimas notícias