“Tirou sonho de ver minha filha crescer”, diz pai de bebê morta

Mulher atravessava a rua com o filho de sete anos e a filha no colo quando foi atropelada, no último domingo

atualizado 29/01/2020 15:36

Arquivo Pessoal

O pai da família que foi atropelada no último domingo (26/01/2020), na região de Itanhangá, zona oeste do Rio de Janeiro, está abalado com a morte da filha mais nova, Maria Luíza dos Santos Rodrigues. De acordo com informações do jornal O Dia, Benedito Alves Rodrigues cobra justiça.

“Minha ficha ainda não caiu. Esse cara precisa pagar pelo que fez. Matou minha filha. Tirou o sonho de ver minha filha crescer”, desabafou. Rodrigues ficou sabendo do falecimento através do filho mais velho, fruto do primeiro casamento dele, porque está há um ano separado da mãe de Maria Luíza.

Ao chegar no hospital para visitar o filho Francisco Matheus, 7 anos, não conseguiu contar sobre o falecimento da irmã. “Disse que estão internadas em outro hospital. Não tive forças para falar a verdade”, ressaltou.

Entenda
A ex-esposa de Rodrigues Maria Janaína Lopes atravessava a rua com o filho de sete anos e a filha bebê quando foi atropelada. A mulher continua internada com traumatismo craniano.

motorista, cujo nome não foi revelado, tentou fugir, mas foi preso em flagrante.

Últimas notícias