Tetraplégico por culpa de motorista bêbado, Amarildo vive de doações

Motociclista assumiu que bebeu, mas recorreu da decisão em 1ª instância

atualizado 21/11/2020 11:59

Amarildo Alves de Souza foi vítima de um motociclista bêbado, em acidente de trânsito em abril de 2014, em Dourados. Desde então, ele depende de cuidados especiais e, como o dinheiro é pouco, o dia seguinte é sempre de incertezas.

O relato foi feito pela irmã dele, que lamenta o fato do condutor alcoolizado e sem habilitação ter escapado sem uma punição, até o momento. O processo que cobra indenização do suspeito está em fase de recurso e não se sabe quando Amarildo terá direito a uma reparação financeira.

Enquanto isso, acrescenta a irmã, as despesas com alimentação especial, fraldas e outros itens continuam e são altas. A aposentadoria por invalidez do irmão não cobre os gastos.

Leia mais em Topmídia News, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias