Testemunha viu abalo no morro que caiu em Ouro Preto e fez alerta

Deslizamento destruiu imóveis históricos na cidade mineira, mas ninguém se feriu. Chuvas têm causado prejuízos e mortes no estado

atualizado 13/01/2022 16:03

O deslizamento que destruiu casarões no centro histórico de Ouro Preto (MG) nesta quinta-feira (13/1) não foi uma completa surpresa para a população da cidade, pois os imóveis já estavam interditados há 10 anos pelo risco de desabamento da encosta. Esse conhecimento da situação ajudou a alertar possíveis vítimas. Testemunhas que perceberam pequenos blocos de terra caindo do Morro da Forca conseguiram alertar bombeiros e Defesa Civil, que isolou a área logo antes da queda.

“Foi questão de minutos. Chegaram a Defesa Civil e os Bombeiros. Fecharam o local e o morro caiu”, relatou o barbeiro Fábio Rogério Alves em entrevista ao jornal O Globo. Ele contou que já trabalhou inclusive num dos imóveis soterrados, mas agora é dono de uma barbearia do outro lado da rua. “O risco de isso acontecer ali é conhecido tem uns 10 anos”, disse ele, que foi alertado por um cliente dos sinais de perigo e chamou o socorro.

Veja imagens do momento do colapso do morro em cima dos imóveis, que ocorreu por volta das 9h10 desta quinta-feira.

Segundo a Defesa Civil, o solo estava encharcado por causa das chuvas dos últimos dias.

O casarão pertence à Prefeitura de Ouro Preto e estava interditado desde 2012, por estar numa área de encosta de alto risco. O prédio histórico ficava no Morro da Forca, localizado no centro histórico da cidade.

Veja como era e como ficou o prédio histórico.

Mais lidas
Últimas notícias