SP quer reduzir para 5 dias período de isolamento para assintomáticos

Capital pediu ao Ministério da Saúde diminuição de prazo para pessoas com Covid sem sintomas, que hoje é de 10 dias. EUA já adota 5 dias

atualizado 06/01/2022 14:02

Posto de testagem de CoViD-19 mantido pela prefeitura de Goiânia na av. São Francisco, St. Sta Genoveva, tem alta procura após festas de final de anoVinícius Schmidt/Metrópoles

São Paulo – A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo enviou ofício ao Ministério da Saúde no qual pede que o período de isolamento dos pacientes assintomáticos e vacinados de Covid-19 seja reduzido para cinco dias.

No documento, a capital inclui dados que mostram a diminuição de casos graves com o avanço da vacinação. A prefeitura ainda cita como exemplo a orientação do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), órgão de saúde dos Estados Unidos, que recomenda o isolamento por cinco dias de pessoas sem sintomas.

Nesta quinta (6/1), São Paulo possui 100% de sua população com 18 anos ou mais vacinada com as duas doses, e há 37 pacientes internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e 97 em leitos de enfermaria na capital.

Segundo a SMS, a cidade tem “manutenção de patamar historicamente baixo desde o início da pandemia de casos graves que requerem ocupação de leitos de enfermagem e UTI pela doença, mesmo com alta no número de casos notificados de infecção”.

A decisão caberá ao Ministério da Saúde.

Mais lidas
Últimas notícias