Sobrevivente da queda do helicóptero em Goiás pediu ajuda

Testemunhas que ajudaram na hora do resgate afirmaram que a sobrevivente pediu para que os amigos fossem salvos

atualizado 27/08/2019 18:22

CBMGO/ Divulgação

Duas pessoas que ajudaram a resgatar uma jovem que sobreviveu a uma queda do helicóptero no Lago das Brisas, em Goiás, afirmam que ela pediu para que os amigos fossem salvos. As informações são do G1.

As duas testemunhas, pai e filho, estavam em um condomínio próximo ao lago, em Buriti Alegre, quando escutaram o barulho forte da queda do helicóptero e pessoas gritando por socorro. Os dois pegaram uma lancha e foram ajudar no resgate. “Meu pai pulou na água e conseguiu ver o rumo de onde estavam vindo os gritos”, disse o estudante Pedro Paulo Machado.

Três pessoas morreram na queda, o piloto Ricardo Magalhães, a advogada Mickaelly Damasceno e a servidora pública Miriam Fontana. A jovem que foi resgatada com vida tem 24 anos e não quis ter sua identidade revelada. Ela foi encaminhada ao hospital, mas teve alta horas depois do ocorrido.

A suspeita da polícia é de que o helicóptero voava baixo e, por isso, atingiu os galhos de uma árvore.

Últimas notícias