Sem Réveillon e Carnaval, Ecad estima queda de R$ 35,8 mi em arrecadação

As previsões feitas pelo Ecad estão norteadas pela comparação com os valores arrecadados em 2020

atualizado 19/10/2020 12:57

Tomaz Silva/Agência Brasil

O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) estima perda de arrecadação com o cancelamento do réveillon deste ano e do carnaval de 2021, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a entidade prevê uma queda de cerca de  R$ 35,8 milhões nos valores arrecadados e distribuídos aos autores, sem estas festas.

Leia mais em Bahia Notícias, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias