Segunda onda de Covid-19 em GO pode vir em janeiro, diz vigilância em Saúde

Festas de fim de ano e comportamento podem aumentar casos, prevê superintendente

atualizado 27/11/2020 10:20

Aglomeração em Pirenópolis durante a pandemiaReprodução

Um possível novo aumento de casos de Covid-19 pode acontecer em Goiás durante o mês janeiro, o que pode significar a chegada da chamada segunda onda da doença no estado.

Em entrevista à Rádio Sagres na manhã desta sexta-feira (27/11), a superintendente de vigilância em Saúde, Flúvia Amorim, apontou que as festas de fim de ano podem ampliar as contaminações.

Estudo da FioCruz e levantamento da Universidade Federal de Goiás (UFG) indicam que esse aumento de registros tem boa probabilidade de ocorrer já no primeiro mês de 2021. Mas a superintendente alerta que depende do comportamento das pessoas. Sobretudo dos jovens.

Leia mais em Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias