RJ: jovem grávida é estuprada, estrangulada e enterrada viva em praia

Ao ser deixada sob a areia desmaiada, a menina conseguiu acordar e escapar da cova improvisada. O estado de saúde dela é estável

freestocks.org, Unsplashfreestocks.org, Unsplash

atualizado 12/06/2019 17:10

Uma grávida de 17 anos foi estuprada e enterrada viva na praia do Bosque, em Rio das Ostras (RJ). No momento em que foi posta sob a areia, logo após ser esganada, a jovem estava desmaiada, mas conseguiu acordar e escapar da cova improvisada. Ela está internada em um hospital da região e o estado de saúde dela é estável. As informações são do portal G1.

O tempo de gestação da jovem não foi informado, mas a polícia suspeita que o agressor é o próprio pai da criança.

No corpo dela foram encontrados hematomas e sinas de estrangulamento. Segundo a prefeitura, a vítima “passou por exames médicos que confirmaram a gravidez e também foi medicada para prevenção de DSTs (doenças sexualmente transmissíveis)”.

“Acho que, na hora da esganadura, ela acabou desfalecendo, ele [o estuprador] a enterrou, mas ela recobrou os sentidos e foi caminhando para o centro da cidade, onde foi encontrada por uma pessoa que colocou a jovem no carro e a levou para o pronto-socorro”, disse o delegado responsável pelo caso, Ronaldo Cavalcante, ao portal.

Uma outra adolescente, de 16 anos, foi apreendida e confessou participação no crime. O suspeito de estuprar a garota está sendo procurado. Segundo Cavalcante, a jovem teria “levado a garota para o outro matar”. “Ela sabia que ele ia fazer isso”, afirmou o delegado.

A adolescente apreendida, que confessou envolvimento no caso, será denunciada ao Ministério Público, ainda segundo o delegado.

Últimas notícias