Ex-vereador de Rio Verde está entre vítimas do naufrágio no Pantanal

Prefeitura do município goiano decretou luto oficial. Entre os seis corpos identificados, 5 são de moradores da cidade

atualizado 16/10/2021 18:07

Geraldo Bilú, ex-vereador de Rio Verde morto em naufrágio em rio no PantanalReprodução

A Prefeitura de Rio Verde, município localizado no sudoeste de Goiás, decretou luto oficial de três dias em razão dos cinco moradores da cidade que faleceram no acidente de barco ocorrido, na sexta-feira (15/10), no Mato Grosso do Sul.

O barco levava turistas pelo Rio Paraguai e naufragou durante forte ventania. Segundo os bombeiros, a embarcação carregava 12 pessoas de Rio Verde e 9 moradores da região. Seis pessoas foram encontradas mortas, uma está desaparecida e 14 sobreviveram ao acidente.

Entre as vítimas do naufrágio estão Geraldo Alves de Sousa, conhecido como Geraldo Bilú, ex-vereador e ex-presidente do sindicato rural de Rio Verde; Olímpio Alves de Sousa, irmão dele; Fernando Rodrigues Leão; Fernando Gomes de Oliveira, genro de Geraldo, e o neto dele Thiago Souza Gomes.

 

A Câmara de Vereadores de Rio Verde também lamentou o acidente e, por meio de nota, expressou pesar pela morte dos goianos.

“Aos familiares e amigos, nossos sinceros sentimentos e que Deus possa confortá-los neste momento de tamanha dor”.

Segundo a Marinha, no momento do acidente, os ventos chegaram a 45 km/h. O tipo de barco, conhecido na região como barco de esporte e recreio, afundou a cerca de 10 km de Corumbá.

Com auxílio da Marinha e de oficiais de Corumbá, as buscas foram intensificadas na manhã deste sábado. Pelo menos 12 mergulhadores e especialistas na área foram enviados de Campo Grande para a região.

Mais lidas
Últimas notícias