Arcebispo emérito do RJ, dom Eusébio Scheid morre após contrair a Covid-19

O religioso já apresentava um quadro delicado de saúde, situação que se agravou após o resultado positivo para o coronavírus

atualizado 13/01/2021 17:01

Dom Eusébio ScheidDivulgação

Morreu nesta quarta-feira (13/1) o cardeal Eusébio Oscar Scheid, arcebispo emérito do Rio de Janeiro, aos 88 anos. O religioso já apresentava um quadro delicado de saúde; a situação se agravou depois que, há cerca de uma semana, o clérigo foi diagnosticado com o coronavírus.

“O arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal Eusébio Oscar Scheid, entregou serenamente sua alma a Deus, no início da tarde desta quarta-feira, 13 de janeiro, após longo período de enfermidade, em São José dos Campos (SP), onde residia”, informou a Arquidiocese do Rio.

Dom Eusébio Scheid foi transferido para a Arquidiocese do Rio de Janeiro em julho de 2001, sucedendo o Cardeal Eugênio de Araújo Sales. Ele tornou-se cardeal dois anos depois, durante o papado de João Paulo II. Aos 75 anos, Sheid se aposentou e foi substituído como arcebispo por Dom Orani Tempesta.

Além disso, ele também foi responsável por publicar os livros: Tese de láurea sobre a Cristologia de Ubertino da Casale em seu contexto histórico; Preparação para o casamento e para a vida familiar; Introdução à pastoral familiar; e Ministério do Acolhimento.

Últimas notícias