Relator da MP das vacinas: “Bolsonaro vai comprar inclusive Coronavac”

Parecer de Geninho Zuliani prevê imunização voluntária e inclusão de todas as vacinas aprovadas pela Anvisa no programa de imunização

atualizado 15/12/2020 14:32

Agência Câmara

Após reunião no Palácio do Planalto, o deputado Geninho Zuliani (DEM-SP) disse que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que vai comprar todas as vacinas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), “inclusive a Coronavac“.

Ele se reuniu com Bolsonaro nesta terça-feira (15/12) para tratar da Medida Provisória nº 1.003/2020, da qual é relator. A MP autoriza o governo federal a aderir ao Covax Facility, iniciativa global para garantia de vacinação da população mundial. A coalizão envolve mais de 150 países e é coordenada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Presidente disse que vai comprar todas as vacinas aprovadas pela Anvisa, inclusive a Coronavac”, afirmou. Segundo o deputado, o relatório fez algumas modificações no texto apresentado pelo Poder Executivo em setembro, porque a realidade mudou.

O parecer prevê que todas as vacinas aprovadas pela agência reguladora passarão a fazer parte do programa de imunização brasileiro. “Eu acertei com o presidente da República agora”, afirmou ele. O texto também estipula que a imunização será voluntária e universal, seguindo os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde.

Votação da MP

A MP está na pauta de votações da Câmara da tarde desta terça-feira. Na previsão do relator, ela pode ser votada até a próxima quinta-feira (17/12). Depois, a medida ainda precisa ser analisada pelo Senado.

“Vamos ajustar o texto, passar o pente-fino, tentar votá-lo ainda hoje, ou no mais tardar até a quinta-feira para que a gente possa virar a página e dar essa notícia para a população brasileira de que todos os imunizantes aprovados na Anvisa estarão disponíveis para a população brasileira”, pontuou Geninho.

“É isso que todos os brasileiros esperam nesse momento: o governo comprometido, poder, de forma gratuita, de forma universal, comprar todas as vacinas que estão sendo aprovadas na Anvisa, independentemente do país de origem, independentemente do laboratório.”

A respeito da sucessão de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Câmara, o deputado disse que o grupo de deputados ligados a Maia deve anunciar nas próximas horas o nome que deve disputar a eleição interna.

“Em virtude da medida provisória, eu estou um pouco afastado, tenho acompanhado um pouco mais distante a questão das eleições, mas acredito que o grupo do Rodrigo Maia deve anunciar nas próximas horas o nome do presidente que vai concorrer com os demais.”

 

Últimas notícias