R$ 600: trabalhadores fazem fila na Receita para regularizar CPF

Renda Básica Emergencial de R$ 600 começou a ser paga nesta quinta-feira (09/04) para quem está com o CPF regularizado

Fila na Receita Federal para regularizar o CPFRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 09/04/2020 13:54

Contribuintes se aglomeraram em longas filas na porta da Receita Federal, na manhã desta quinta-feira (09/04), em Brasília, para regularizar o CPF e receber o auxílio emergencial de R$ 600, concedido pelo governo federal aos trabalhadores informais.

Tire suas dúvidas sobre como, quando e onde receber o auxílio emergencial de R$ 600.

A liberação do valor começou nesta quinta-feira (09/04), mas o beneficiário deve estar com o CPF regularizado Receita Federal. Quem tem pendências ou não conseguiu se cadastrar no aplicativo lançado pelo governo, correu para a unidade de atendimento.

Para evitar filas e aglomeração de pessoas em meio à pandemia do coronavírus, o órgão recomenda que esse processo seja feito pelo site ou e-mail para evitar grande concentração de pessoas em um só local.

A recomendação, no entanto, não teve efeito. A Receita abriu o atendimento ao público às 10h e já havia fila do lado de fora.

Na capital, o órgão funciona com apenas um servidor para o público geral e outro para atendimento preferencial. A publicitária Maria Rosa Aguiar, de 36 anos, chegou às 9h30 ao local. Ela reclamou da demora no atendimento.  “A fila está grande, a gente está no sol, e parece que tem cada vez mais gente chegando”, relatou.

Maria Rosa tem pendências no CPF e não quer ficar sem receber o auxílio. “Ninguém mais está procurando serviço, está todo mundo com medo, não quer gastar. Eu preciso desse dinheiro”, contou ao Metrópoles. 

Phellipe Alburquerque, de 25 anos, morador do Gama, é autônomo e precisou interromper o trabalho devido às regras de isolamento social. Este é o segundo dia seguido que o jovem vai à Receita para arrumar o nome da mãe, que está registrado errado no título de eleitor ,e por isso, o CPF está inválido.

“Fui fazer o cadastro no aplicativo e eles não aceitavam meu CPF, dizendo que os dados não batiam com os da Receita Federal. Vi que o problema estava no título de eleitor e procurei o TRE [Tribunal Regional Eleitoral], mas eles não puderam me atender por falta de servidor”, contou.

Entenda

O auxílio emergencial de R$ 600 começou a ser liberado nesta quinta-feira (09/04) para aqueles que têm conta na Caixa Econômica Federal e clientes do Banco do Brasil.

Beneficiários do programa Bolsa Família ou pessoas que estão registradas no Cadastro Único (CadÚnico) vão receber o pagamento de forma automática.

Trabalhadores de renda baixa que não estão cadastrados também têm direito ao benefício. Nesse caso, o o valor ficará disponível após cadastro em aplicativo lançado pela Caixa nessa terça-feira (07/04).

Aprenda aqui o passo a passo de como fazer o cadastro para obter o auxílio emergencial de R$ 600.

0

 

Últimas notícias