Pujol diz que Exército foi imparcial em 2020 e cita slogan de Bolsonaro

Em vídeo de fim de ano, comandante da instituição mencionou apenas uma vez a pandemia do novo coronavírus

atualizado 26/12/2020 17:01

reprodução

O comandante do Exército Brasileiro (EB), general Edson Leal Pujol, afirmou, em mensagem de Natal, que as Forças Armadas agiram de forma “independente” em 2020, considerado por ele como “um dos mais desafiadores da nossa existência”.

“Lutamos sem temor em todas as frentes que nos foi apresentada, […] observando os princípios da legalidade, da transparência e da imparcialidade”, ressaltou o general, comandante do EB desde janeiro de 2019.

Para isso, no entanto, Pujol disse ter contado sempre com orientação e apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro — a quem chamou de “comandante supremo das Forças Armadas” — e do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo.

0

Ele citou apenas uma vez a pandemia do novo coronavírus, ao dizer que o Exército atuou de forma “destemida e incessante em todos os rincões de nosso imenso país, no combate à Covid-19, na proteção do meio ambiente e no apoio das comunidades indígenas”.

Por fim, encerrou a mensagem com trecho do slogan político do presidente Jair Bolsonaro: “Brasil acima de tudo”.

Assista à íntegra do vídeo:

Últimas notícias