Professores entram em greve com volta às aulas presenciais em BH

A Prefeitura, por sua vez, diz que os protocolos adotados vão garantir uma “acolhida segura e confortável”

atualizado 21/04/2021 15:33

Sala de aula no DFRafaela Felicciano/Metrópoles

Professores da rede municipal de ensino de Belo Horizonte entraram em greve após a prefeitura decidir pelo retorno das aulas presenciais na cidade. O sindicato da categoria classificou a decisão do Executivo municipal como “irresponsabilidade”. A Prefeitura, por sua vez, diz que os protocolos adotados vão garantir uma “acolhida segura e confortável”.

A greve foi decidida nessa terça-feira (20) durante uma assembleia online. “Nossa discussão é em defesa da vida, por isso estamos em greve sanitária. Quando existe risco iminente em relação à saúde o nosso entendimento é que devemos continuar em tele trabalho”, diz Vanessa Portugal, diretora do Sind-Rede BH (Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte), ao BHAZ.

Leia mais no BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias