Primeira-dama e ministro lançam programa de doação de alimentos

Projeto Brasil Fraterno é articulado por Michelle Bolsonaro e pelo ministro da Cidadania e deve beneficiar cerca de 7 mil famílias

atualizado 26/03/2021 10:12

Michelle Bolsonaro em ação da Pátria VoluntáriaPátria Voluntária/ Divulgação

O governo lança, nesta sexta-feira (26/3), o projeto Brasil Fraterno, que tem como objetivo a arrecadação e doação de cestas de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar.

A iniciativa é do ministro da Cidadania, João Roma, em parceria com o Programa Pátria Voluntária, que tem a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, como presidente.

O lançamento simbólico do projeto, que acontecerá em Aparecida (SP), deve contar com a presença do ministro e da primeira-dama, além do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno; das deputadas federais Carla Zambelli (PSL-SP) e Renata Abreu (Podemos-SP); do prefeito da cidade, Luiz Carlos de Siqueira; e do presidente do Sebrae, Carlos Melles.

A primeira ação do Brasil Fraterno beneficiará 7 mil famílias com a doação de mais de 300 toneladas de alimentos.

As doações foram arrecadadas por meio da parceria entre Ministério da Cidadania, Programa Pátria Voluntária, Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) e empresários mobilizados pelo secretário nacional de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antonio Nabhan Garcia.

Protocolo

Para respeitar os protocolos de prevenção à Covid-19 e promover o distanciamento social, apenas cinco grupos familiares foram convidados para participar do lançamento simbólico em nome dos demais beneficiários.

Segundo a pasta da Cidadania, a cidade de Aparecida (SP) foi a escolhida para dar início ao projeto após apelo feito pelo prefeito Siqueira, que explicou que o município vive do turismo e foi fortemente afetado pela pandemia, deixando 70% da população sem fonte de renda.

0

O novo projeto do governo federal tem como objetivo criar uma rede nacional de solidariedade para garantir segurança alimentar às famílias necessitadas. Por meio da doação de cestas de alimentos, o projeto pretende chegar a municípios de todo o país.

Últimas notícias