Preso suspeito de jogar cadela na rua para ser atropelada em Goiás

Segundo a polícia, o homem declarou que queria matar o animal porque acreditava que ele estava doente; cadela teve ferimentos em todo corpo

atualizado 07/05/2021 17:10

goias cadela foi arremessada na rua para ser atropeladaDivulgação/Graer

GoiâniaUm homem de 35 anos foi preso depois de arremessar uma cadela para ser atropelada em uma avenida de Trindade, na região metropolitana da capital goiana. A cena, que aconteceu na última quarta-feira (5/6), foi flagrada por uma equipe do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer) da Polícia Militar de Goiás, que passava pela cidade. A cachorra ficou gravemente ferida.

Um vídeo feito pela equipe mostra que o animal teve ferimentos por todo o corpo.

Veja:

Segundo o Graer, o homem disse que tinha a intenção de matar a cachorra porque acreditava que ela estava doente. Ele ainda tentou justificar dizendo que o pelo dela estava caindo.

De acordo com o tenente George Augusto Silva, que viu a cena, o homem jogou a cadela debaixo do carro que estava à frente da viatura, sem que o motorista pudesse desviar. Uma das rodas do veículo acabou atingindo o animal.

“Vimos quando ele tirou a coleira da cadela e a jogou debaixo do carro. Depois, ele saiu tranquilamente segurando a coleira. De imediato, nós paramos e o abordamos”, disse o tenente ao G1.

Depois da abordagem, o homem foi encaminhado à Delegacia de Trindade, onde foi autuado em flagrante pelo crime de maus-tratos contra animais. Caso seja condenado, pode até cinco anos de prisão, multa e proibição de guarda do animal.

Já a cadela foi resgatada e levada a uma clínica veterinária, onde permanece internada. Uma das enfermeiras da clínica informou que a cachorra não sofreu fraturas, mas possui um hematoma ocular, provavelmente pela pancada que sofreu. Além dos ferimentos, ela apresenta um quadro severo de anemia.

Últimas notícias