Rayssa Leal

Prata em Tóquio, a fadinha Rayssa brilhou em Santa Catarina este ano

Dos 12 skatistas que representam o Brasil nos Jogos Olímpicos em Tóquio, 7 foram a Criciúma em janeiro, para a 1ª competição do circuito

atualizado 26/07/2021 10:48

Rayssa LealDivulgação

A segunda-feira dos brasileiros começou com olhos na TV e torcida por Rayssa Leal, a fadinha, a skatista de apenas 13 anos que garantiu medalha de prata para o Brasil em Tóquio. Foi a terceira medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos, a segunda prateada, novamente no skate, como havia sido com Kelvin Hoefler.

Dos 12 skatistas que representam o Brasil nos Jogos Olímpicos em Tóquio, 7 estiveram em Criciúma (SC) em janeiro, participando da primeira competição da temporada.

A etapa do STU Nacional inaugurou o Criciúma Skatepark no Parque Centenário Altair Guidi e valeu pontos para o ranking que classificou os brasileiros para as disputas no Japão.

Leia mais em NSC Total, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias