Portugal prorroga restrição de voos do Brasil por mais 15 dias

A medida foi anunciada na data em que o país europeu entrou na última fase de flexibilização do lockdown para conter a Covid-19

atualizado 01/05/2021 19:06

avião da TAPJosé Roberto/Divulgação

No mesmo dia em que abriu as fronteiras terrestres com a Espanha, Portugal confirmou que estenderá por mais 15 dias as restrições que impedem viagens não essenciais do Brasil e de outros países com altos índices de infecção pela Covid-19. A medida, divulgada pelo governo português neste sábado (1º/5), valerá até 16 de maio.

De acordo com o governo, viajantes de países onde há 500 ou mais casos por 100 mil pessoas em um período de 14 dias só poderão entrar em Portugal por motivos de trabalho ou saúde.

As medidas de restrição também se aplicam aos países vizinhos Espanha e Alemanha, que mantêm a incidência de 150 ou mais casos de Covid-19 por 100 mil pessoas, assim como África do Sul, França, Holanda e Índia, entre outros.

Exigências e flexibilização

Mesmo em casos essenciais, viajantes de países que se aplicam à regra precisam fazer quarentena por 14 dias, além de apresentar um teste negativo de Covid-19 realizado ao menos 72 horas antes da decolagem para Portugal. Sem o exame prévio, será necessário realizar um ao chegar, e aguardar o resultado no aeroporto.

Após seis meses de estado de emergência sanitária, Portugal entrou neste sábado (1º/5) na última etapa de flexibilização das medidas restritivas para conter o avanço do coronavírus no país. Os números caíram drasticamente desde a flexibilização gradual do lockdown iniciada em março.

Além da reabertura das fronteiras com o território espanhol, o horário de funcionamento de restaurantes, lanchonetes, lojas e espaços culturais será ampliado. Shows também poderão voltar a ocorrer no país.

Últimas notícias