Portugal prorroga proibição de voos do Brasil até 31 de março

Segundo o Ministério da Administração Interna do país, serão apenas permitidos voos humanitários e de repatriamento por causa da Covid-19

atualizado 15/03/2021 9:41

Fábio Vieira/Metrópoles

Portugal estendeu nesta segunda-feira (15/3) a proibição de voos de e para a Grã-Bretanha e Brasil por mais duas semanas — ou seja, até 31 de março. A medida define que serão apenas permitidos voos humanitários e de repatriamento.

A informação foi confirmada pelo Ministério da Administração Interna do país, em comunicado.

Os voos diretos comerciais ou privados de e para os países estão suspensos desde janeiro para evitar a propagação de novas variantes da Covid-19.

Os passageiros que voam indiretamente do Reino Unido ou do Brasil para Portugal têm de apresentar um teste negativo de coronavírus 72 horas antes da partida e também fazer quarentena de duas semanas ao chegarem.

Portugal, que até agora reportou 814.257 casos de Covid-19 e 16.684 mortes, começou a aliviar as restrições depois do confinamento a nível nacional de dois meses após um surto de casos, em parte atribuído à rápida propagação da variante identificada pela primeira vez no Reino Unido, que incapacitou o sistema nacional de saúde no início deste ano.

Últimas notícias