Zelotes: Lula diz que acusações do MPF são “grandes mentiras”

Ex-presidente negou categoricamente ter trocado por propina a edição de uma medida provisória para beneficiar setor automotivo

Hugo Barreto/Metrópoles

atualizado 19/02/2020 17:40

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, em depoimento na 10ª Vara Federal da Justiça de Brasília, na tarde desta quarta-feira (19/02/2020), que as acusações do Ministério Público Federal (MPF) contra ele no âmbito da Operação Zelotes são “grandes mentiras”.

“O Ministério Público mentiu na acusação, a Polícia Federal mentiu na acusação. As pessoas precisam saber como funciona o governo e o Congresso antes de fazer falsas ilações contra as pessoas”, pontuou o petista.

Lula disse ainda não imaginar que as acusações de que vendera a edição de uma medida provisória para beneficiar o setor automotivo “fossem para frente”, e alegou perseguição do delegado. “Eu disse, na época, ao diretor da PF, que a impressão que eu tinha é que o delegado me fazia pergunta sem querer a resposta. Ele estava determinado a dizer que a MP foi feita pra levar dinheiro público”, declarou.

Impasse
Ao ser interrogado pelo representante do MPF, o procurador Igor Miranda, o ex-mandatário elevou o tom e disse estar cansado de “tanta mentira” contra ele. Miranda perguntou se Lula participou de reuniões com Mauro Marcondes, empresário envolvido na denúncia.

“Eu duvido que tenha um juiz, um promotor e um delegado que diga que viu um empresário dar cinco centavos ao Lula. Parem de insinuar coisas ao meu respeito. É preciso saber o seguinte: eu sou de uma terra de onde a gente é pobre, mas tem honestidade”, enfatizou o ex-chefe de Estado.

Entenda
Nesse caso, Lula é investigado por supostamente ter participado da venda de medida provisória para favorecer empresas do setor automobilístico, em troca de propina. O petista nega as acusações.

Segundo a denúncia, o ex-presidente recebeu a promessa de R$ 6 milhões em pagamentos indevidos em contrapartida à edição da MP. A verba teria como destino campanhas eleitorais do PT.

Últimas notícias