Oposição celebra queda de Salles e pede retenção do seu passaporte

Congressistas temem que ele saia do país para não responder aos crimes investigados pela PF. Deputada pediu ao STF apreensão de documentos

atualizado 23/06/2021 19:12

A notícia da saída de Ricardo Salles do cargo de ministro do Meio Ambiente provocou comemoração dos parlamentares de oposição que estavam na sessão da Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) da Câmara, participando da votação do PL-490, que abre possibilidade de exploração de terras indígenas e deixa, entre outros pontos, as decisões sobre demarcação de territórios nas mãos do Congresso.

Tão logo foi anunciada a substituição, a deputada Vivi Reis (Psol-PE) declarou em seu discurso: “Ricardo Salles caiu. Caiu aquele que é o grande protagonista do projeto de passar a boiada”, disse a congressista em meio a gritos de celebração de parlamentares que estavam no plenário.

“Nós agora vamos seguir na luta para derrubar o Jair Messias ‘genocida’ Bolsonaro”, disse a parlamentar .

A deputada indígena Joênia Wapichana (Rede-RR) apontou a necessidade de se reter imediatamente o passaporte do ministro, para evitar que ele saia do país e fique a salvo de responder sobre as acusações de corrupção investigadas pela Polícia Federal.

O que os deputados querem é evitar que ocorra situação semelhante à do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, que usou passaporte do governo para chegar aos Estados Unidos e fugir das acusações de racismo que tramitam no STF contra ele.

Diante do alerta, a deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS) encaminhou um ofício ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a retenção do documento do ministro.

“É prática comum deste governo de criminosos a fuga para o exterior para tentar escapar dos crimes que cometeram no Brasil. Não podemos permitir que Salles saia do país sem ser responsabilizado. Alvo de investigação no STF por diversos crimes ambientais e de improbidade administrativa e protagonista do maior desmatamento da história do Brasil, Salles já deixa o governo tarde.” disse a deputada.

 

0

 

Mais lidas
Últimas notícias