Olavo de Carvalho recebe alta após ficar 10 dias internado

Escritor e guru bolsonarista estava internado desde o dia 8 no InCor, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

atualizado 18/07/2021 15:33

Fiolósofo Olavo de CarvalhoReprodução/ redes sociais

O escritor Olavo de Carvalho, de 74 anos, recebeu alta neste domingo (18/7) do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InCor). Ele estava internado desde o dia 8 de julho após um mal súbito no voo que o trouxe ao Brasil.

Segundo nota do hospital, Olavo deverá seguir em repouso domiciliar pelos próximos dias, sob orientação médica, aguardando conduta para continuidade do tratamento de seu quadro urológico.

Olavo foi submetido a uma cirurgia de emergência para rever a operação da bexiga a que foi submetido em maio deste ano, nos Estados Unidos. A intervenção cirúrgica ocorreu no dia 13 de julho, com duração de três horas.

O tratamento foi totalmente custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o médico José Antonio Ramires, Olavo, que estava internado na ala pública do hospital, não pagará pelos honorários da equipe médica. “Ninguém pagará nada. Como paciente SUS, não pagará honorário”, afirmou.

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e considerado um guru ideológico, Olavo de Carvalho mora no estado de Virgínia, nos Estados Unidos, desde 2005.

Sua volta ao Brasil despertou reação de usuários que resgataram publicações em que o autor critica médicos da USP e o SUS. A própria filha de Olavo de Carvalho criticou sua vinda e acusou o pai de furar a fila do sistema de saúde brasileiro.

Veja a íntegra da nota do hospital:

São Paulo, 18 de julho de 2021, 15h.

NOTA DE ALTA HOSPITALAR
PACIENTE OLAVO LUIZ PIMENTEL DE CARVALHO

O professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho (74) teve alta hospitalar na manhã deste domingo (18) do InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP), onde estava internado desde o dia 8 de julho último, depois de, segundo o médico que lidera a equipe que o assiste, Prof. Dr. José Antonio Franchini Ramires, apresentar crise de angina.

Durante a internação, o paciente foi submetido a tratamento medicamentoso para compensação cardíaca, assim como à cirurgia de revisão da operação da bexiga a que ele foi submetido em maio deste ano, nos Estados Unidos. A intervenção cirúrgica realizada em caráter emergencial no InCor, em 13 de julho último, com duração de três horas e comando do Prof. Dr. Miguel Sroug, teve a finalidade de corrigir obstrução uretral consequente de quadro infeccioso recorrente no local da cirurgia anterior e aumento prostático.

O paciente deverá seguir em repouso domiciliar, sob orientação médica, aguardando conduta para continuidade do tratamento de seu quadro urológico.

Assessoria de Imprensa
Instituto do Coração
InCor-HCFMUSP

Últimas notícias