No Twitter, Temer rebate críticas de Alckmin: “Fale a verdade”

Presidente lembrou que a base que hoje o apoia será a mesma que apoiará o tucano, caso ele seja eleito presidente

Reprodução

atualizado 06/09/2018 11:31

O presidente Michel Temer não deixou passar em branco as críticas feitas pelo candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin, no seu programa eleitoral dessa quarta-feira (5/9), ao atual governo. O ex-governador paulista reclamou, especialmente, da gestão nas áreas de educação e saúde, entre outras. Em sua conta no Twiiter, Temer não deixou barato e atacou seu agora ex-aliado, a quem cobrou: “Fale a verdade”.

“Geraldo Alckmin, me dirijo a você. Pelas falsidades que você tem colocado no seu programa eleitoral e eu não posso silenciar, em homenagem ao povo brasileiro”, provocou Temer.

O presidente, em tom irônico, perguntou ao tucano se ele sabe quem foi o primeiro ministro da Educação do atual governo. E lembra que Mendonça Filho, que ocupou a pasta, é do DEM, partido aliado de Alckmin. “Mendonça fez um belíssimo trabalho”, afirmou o emedebista.

Depois, Temer rebateu as declarações do tucano sobre a saúde, “como se a saúde fosse um desastre”, observou o presidente, lembrando que a pasta foi entregue ao PP, legenda que apoia a candidatura de Alckmin e ocupa três ministérios na atual gestão. “Ricardo Barros (ex-ministro da saúde) fez um extraordinário trabalho e você critica indevidamente”, rebateu o presidente.

Por fim, Temer ressaltou: sua base aliada será a mesma que apoiará Alckmin, caso ele seja eleito presidente.

“Nas vezes que te apoiei, Geraldo, você era diferente. Não atenda o que dizem os seus marqueteiros. Atenda apenas a verdade. E a verdade é que nós fizemos muito por essas áreas conduzidas por aqueles que hoje apoiam a sua candidatura”, encerrou Temer, em tom irritado.

Assista:

Últimas notícias