MBL testa nome de Gentili em pesquisa e humorista empata com Huck

Ele afirmou estar aberto para conversar sobre uma possível candidatura à presidência da República

atualizado 06/04/2021 13:14

Reprodução/Twitter

Pesquisa encomendada pelo Movimento Brasil Livre (MBL) aponta que o humorista Danilo Gentili teria cerca de 4% dos votos caso se candidatasse à presidência da República, em 2022.

A taxa é semelhante as do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), do apresentador global Luciano Huck e do ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT), todos com 4%.

O levantamento de opinião pública, obtido pelo Metrópoles e pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, foi realizado pelo Instituto de Pesquisas e Estratégia (IPE).

Foram realizadas 2 mil entrevistas em todas as unidades federativas, nos dias 27 e 28 de março deste ano. A margem de erro para os resultados é de 2,2 pontos percentuais (pp).

A pesquisa foi encomendada pois o MBL observa movimentação em redes sociais com internautas que estariam pedindo uma terceira via – que não seja o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nem o ex-presidente Lula da Silva (PT) – com Gentili.

O Metrópoles apurou que o humorista afirmou, em uma aula fechada da Academia MBL, que está aberto para conversar sobre uma possível candidatura à presidência.

Veja o resultado:
0

Cerca de 35% dos brasileiros afirmaram que votariam para presidente, no primeiro turno, em um candidato que não fosse nem Bolsonaro nem Lula, enquanto 38% disseram que não e 27%, que não sabem.

Além disso, foram simulados três cenários de segundo turno. Entre Lula e Bolsonaro, o petista leva 50% do total de votos, contra 34% do atual presidente. Luciano Huck também ganharia do capitão reformado do Exército, de 42% a 32%. Já a disputa Doria contra Bolsonaro terminaria empatada tecnicamente, em 36%.

Últimas notícias