Maia: depoimento de porteiro não afeta pauta da Câmara

Segundo o presidente da Casa, o episódio que revelou a menção a Jair Bolsonaro não deve ser analisado pelos deputados

atualizado 30/10/2019 20:29

Andre Borges/Especial para o Metrópoles

O presidente da Camara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quarta-feira (30/10/2019) que a pauta da Casa não é afetada “de jeito nenhum” pela menção ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), em depoimento do porteiro do condomínio Vivendas da Barra, na investigação do assassinato de Marielle Franco e Anderson do Carmo.

“[Não afeta] De jeito nenhum. Esse não é o papel da Câmara, analisar este tipo de fato. Precisamos continuar com a pauta da Câmara, com nosso foco e com nosso objetivo de votar matérias para reorganizar o Estado brasileiro”, afirmou Maia.

O presidente da Casa confirmou ainda que votará em plenário nesta noite o projeto de lei que torna menos rigorosas as regras para posse e porte de armas de fogo no país. O PL 3723/19 foi discutido nessa terça (29/10/2019), mas, mais uma vez, o debate em torno do tema não avançou.

De relatoria do deputado Alexandre Leite (DEM-SP), o texto diminui de 25 anos para 21 a idade mínima para a compra do armamento, além de permitir a regularização da posse sem comprovação de capacidade técnica, laudo psicológico ou ficha limpa – sem antecedentes criminais.

Reforma administrativa
Após se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta manhã, Maia informou que o governo vai enviar na terça-feira da semana que vem (05/11/2019) o texto da reforma administrativa e do pacto federativo.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), de acordo com Maia, marcou uma reunião com a equipe econômica para receber as propostas. Inicialmente, os projetos seriam encaminhados nesta semana. 

“Reforma administrativa vem semana que vem. Queremos o texto do governo, que deve ser apresentado na próxima semana. [A proposta] Vem com o objetivo de sinalizar a reforma, que interessa ao governo”, explicou.

Últimas notícias