Lula tem conversa “humana e política” com embaixador da Argentina

Petista recebeu representante da Argentina na tarde desta quinta-feira (6/5) em um hotel no centro de Brasília

atualizado 06/05/2021 20:03

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o embaixador da Argentina no Brasil, Daniel ScioliFoto: Embaixada da Argentina/ Divulgação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve uma conversa “humana e política”, nesta quinta-feira (6/5), com o embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli. Eles se reuniram nesta tarde, em um hotel no centro de Brasília.

Scioli foi vice-presidente argentino durante o governo peronista de Néstor Kirchner e candidato à presidente em 2015, quando recebeu, inclusive, apoio do brasileiro.

Após o encontro, o embaixador afirmou que os dois conversaram sobre “aspectos da integração e a potência agroindustrial que são Brasil e Argentina juntos”. “É alguém que conheço há muitos anos; somos amigos. Ele esteve na Argentina apoiando a campanha à vice-presidência. Então, a conversa se desenvolveu em termos humanos e políticos”, prosseguiu Scioli.

“É um homem de uma grande experiência e, portanto, me parece quem em um momento tão sensível como este, é importante trocar opiniões”, disse.

0

 

O argentino, no entanto, negou ter tratado com Lula sobre as eleições presidenciais de 2022 no Brasil.

Agenda cheia

Lula viajou à capital federal na segunda-feira (3/5) para uma agenda cheia com embaixadores, parlamentares e lideranças políticas. A proposta é discutir “vacina, fome” e formar alianças para as eleições de 2022.

Ele já se reuniu com os embaixadores da Alemanha, Cuba, Venezuela, África do Sul e Grécia. Ainda nesta noite, o petista vai ao encontro do embaixador do Reino Unido, Peter Wilson.

Últimas notícias