Justiça determina penhora de imóvel de Ciro Gomes como indenização a Collor

Em entrevista há 21 anos o ex-ministro e ex-governador do Ceará chamou o ex-presidente de "cheirador de cocaína" e "playboy safado"

atualizado 25/09/2020 21:43

Vinícius Santa Rosa/Especial para o Metrópoles

O ex-governador Ciro Gomes (PDT-CE) terá um imóvel penhorado como forma de indenização por danos morais ao senador Fernando Collor de Mello (Pros-AL). A decisão é da Justiça de São Paulo e atende a pedido da defesa de Collor.

Inicialmente, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) havia instituído o pagamento de indenização em R$ 400 mil. No entanto, Ciro Gomes não quitou a dívida. Por isso, terá o imóvel penhorado. As informações são da Folha de S.Paulo.

Em entrevista de 1999, o pedestista afirmou que Collor é um “playboy safado” e “cheirador de cocaína”. Na reportagem, o ex-governador avaliou o debate nas eleições de 1989 entre o ex-presidente e Lula.

O Metrópoles tenta contato com Ciro Gomes para comentar a decisão. O espaço está aberto.

0

Últimas notícias