Governo prorroga atuação da Força Nacional em Mato Grosso do Sul

A Portaria nº 942/2019, assinada pelo ministro da Justiça substituto, Luiz Pontel de Souza, foi publicada no Diário Oficial da União

atualizado 31/12/2019 9:01

Fabio Motta/Estadão

O Ministério da Justiça e Segurança Pública prorrogou a presença da Força Nacional no Estado de Mato Grosso do Sul por mais 45 dias. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (31/12/2019).

Com isso, a Força Nacional ficará no estado até 11 de fevereiro do próximo ano. O objetivo, de acordo com a Portaria nº 942/2019, é “prevenir conflitos agrários por questões fundiárias em Caarapó-MS e coibir o tráfico de drogas, contrabando de armas e munições, entre outros na região da faixa de fronteira”.

A portaria é assinada pelo ministro da Justiça substituto, Luiz Pontel de Souza.

A Força Nacional atua no estado desde 2016. A autorização à época foi dada pelo então ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, com o objetivo de auxiliar as polícias federal, militar e rodoviária federal nas disputas por terras na região.

Últimas notícias