Flordelis diz que sente falta do marido: “Preciso de tratamento”

Deputada disse receber pedidos de namoro e casamento até pelo Whatsapp e que sua psiquiatra a aconselhou a se interessar por alguém

atualizado 13/05/2021 18:48

Reprodução

Em meio às lágrimas, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) disse, nesta quinta-feira (13/5), ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, que sente falta do marido, ex-pastor Anderson do Carmo, morto em 2019, e que precisa de tratamento por isso.

Segundo a parlamentar, ela recebe pedidos de namoro e casamento até pelo WhatsApp e sua psiquiatra a aconselhou a se interessar por alguém.

“Não vou mentir, que apesar de saber das coisas monstruosas que meu marido fez com minha filha, mesmo com câncer… não queiram ter na casa de vocês um ser humano com 35 tumores de câncer, gritando, chorando. E mesmo sabendo que neste período ele não respeitou a minha filha. Mesmo sabendo dessas monstruosidades, estou em tratamento porque ainda sinto falta do meu marido, sei que é doença e preciso ser tratada”, declarou Flordelis.

“Tenho pedidos de namoro, de casamento. Recebo flores, pedidos de namoro até pelo WhatsApp. Fui aconselhada pela minha psiquiatra a me interessar por alguém, porque a dependência que tenho do meu marido me fez sofrer muito e reconheço que é uma doença e preciso ser tratada”, acrescentou.

A deputada compareceu ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados para defender seu mandato. Flordelis responde processo por quebra de decoro parlamentar, em decorrência da acusação de ser a mandante da morte do marido, Anderson do Carmo, em junho de 2019.

0

Últimas notícias