Datafolha: Bolsonaro é líder (28%); Haddad vem em segundo (16%)

Ciro é o terceiro, com 13%. Alckmin e Marina estão embolados na quarta posição, com 9% e 7%, respectivamente

atualizado 20/09/2018 13:16

Igo Estrela/Metrópoles

O Instituto Datafolha divulgou nessa quarta-feira (19/9) nova pesquisa eleitoral com as intenções de votos à Presidência da República. O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, mantém-se na liderança, com 28%. Em segundo lugar, vem Fernando Haddad, do PT, com 16%, três pontos percentuais a mais do que o levantamento realizado na semana passada.

Ciro Gomes permanece na terceira posição, com 13%. Em seguida, empatados tecnicamente, estão Geraldo Alckmin (PSDB), com 9%, e Marina Silva (rede), com 7%. Confira:

Os candidatos João Goulart Filho (PPL), Cabo Daciolo (Patriota) e José Maria Eymael (DC) não pontuaram.

Rejeição
Bolsonaro continua à frente no quesito rejeição, com 43%. Depois vêm Marina (32%), Haddad (29%), Alckmin (24%), Ciro (22%), Vera (19%), Cabo Daciolo (19%), Boulos (18%), Eymael (17%), Meirelles (17%), Goulart Filho (15%), Alvaro Dias (15%) e Amoêdo (15%).

No total, 4% dos entrevistados disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 2% afirmaram que votariam em qualquer um. Não souberam responder: 5%.

Segundo turno
O Datafolha também simulou cenários para o segundo turno. No embate contra Marina Silva, Bolsonaro teria 42% dos votos e a candidata da Rede, 41%. Contra Ciro, o deputado federal perderia por 39%, contra 45% do pedetista. Ele também sairia vencido em disputa com Alckmin: 40% para o tucano e 39% para o candidato do PSL. Se Bolsonaro enfrentar Fernando Haddad, haverá empate: 41% para cada um.

Se o segundo turno for entre Ciro Gomes e Geraldo Alckmin, o pedetista vence com 41%, contra 34% do tucano. Se concorrer com Marina Silva, o ex-governador do Ceará teria 45% e a ex-ministra do Meio Ambiente, 31%. Caso o oponente for Haddad, Ciro venceria por 42% a 31%.

Em panorama com Alckmin no segundo turno contra Marina Silva, o tucano teria 39% dos votos e a postulante da Rede, 36%. Contra Haddad, o resultado seria 39% para o tucano e 35% para o petista.

O Datafolha entrevistou 8.601 eleitores, em 323 municípios, entre os dias 18 e 19 de setembro. A pesquisa, contratada pela Rede Globo e jornal Folha de S.Paulo, tem 2% de margem de erro, para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-06919/2018.

Mais lidas
Últimas notícias