CPI: ex-ministro Pazuello passa mal e Aziz suspende depoimento

Ex-titular da Saúde foi socorrido pelo senador Otto Alencar – que é médico e disse que o general foi acometido pela síndrome vasovagal

atualizado 19/05/2021 18:50

Eduardo Pazuello_CPI da CovidIgo Estrela/Metrópoles

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello passou mal no intervalo de seu depoimento à CPI da Covid, nesta quarta-feira (19/5). O senador Otto Alencar (PSD-BA), médico, o socorreu e afirmou que o general foi acometido pela síndrome vasovagal, que é uma perda transitória da consciência.

Por causa disso, e considerando o extenso número de senadores inscritos para a oitiva, o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), suspendeu a sessão, que será retomada nesta quinta-feira (20/5), a partir das 9h.

Segundo Alencar, Pazuello sentiu-se mal no “cafezinho”, que é uma antessala da comissão onde ocorre a CPI. “Ele estava bem pálido, quase desmaia. Procurei colocar ele na posição correta, elevando os membros inferiores. Logo depois, ficou corado, está muito bem. O ex-ministro ficou muito tempo em pé, emocionado. É uma síndrome muito comum”, explicou o senador.

0

Ainda de acordo com o senador baiano, Pazuello poderia ter retomado seu depoimento, porque já estaria recuperado. Aziz, no entanto, optou por cancelar a sessão, remarcando-a para esta quinta-feira.

O adiamento do depoimento dará mais tempo para os integrantes da CPI. Ainda há 22 senadores inscritos para a oitiva do ex-ministro. A sessão teve que entrar em intervalo, devido à ordem do dia no Senado.

Dessa forma, a oitiva da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como “Capitã Cloroquina”, deve ficar para a próxima terça-feira (25/5).

Versões

Ao deixar o Senado, Pazuello desmentiu Alencar. “Não passei mal. Amanhã continua. Não houve nada. Nada disso”, assegurou o ex-ministro, que estava sendo escoltado pelo senador governista Marcos Rogério (DEM-RO) e por seguranças.

O Senado Federal, no entanto, contradisse o ex-ministro. No Twitter da Casa legislativa, foi publicada a confirmação de que Pazuello realmente passou mal.

Longevo

Pazuello é o oitavo depoente do colegiado e principal testemunha, por ser o ministro mais longevo dos quatro que passaram pela pasta da Saúde durante a pandemia da Covid-19 até aqui. O depoimento dele já durava cerca de 7 horas.

A CPI da Covid-19 tem o objetivo de investigar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas com a ausência de oxigênio, além de apurar possíveis irregularidades em repasses federais a estados e municípios.

Últimas notícias