Carlos Bolsonaro e Lula trocam farpas sobre “fortuna” de Marisa

O petista afirmou que se a ex-mulher tivesse mesmo deixado a quantia em dinheiro ele daria para "o filho do Bolsonaro" fazer as fake news

atualizado 11/04/2020 10:15

Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles

O vereador Carlos Bolsonaro usou as redes sociais, nessa sexta-feira (10/04), para compartilhar um documento da Justiça de São Paulo que pede explicações ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre uma possível “fortuna” deixada pela ex-mulher Marisa Letícia. Na legenda, o parlamentar apenas colocou reticências.

Em resposta, em tom mais elevado, Lula escreveu: “Essa gente não presta”. Além disso, o petista afirmou que a família Bolsonaro o persegue com fake news.

“Outro dia o Bolsonaro postou uma foto minha saindo do velório do meu neto. Agora, o filho dele tuíta que a Dona Marisa deixou R$ 256 milhões de herança. Se ela tivesse isso mesmo eu dava 80% pro juiz”, disse o ex-presidente.

E ainda alfinetou Carlos: “E o resto pro filho do Bolsonaro fazer as fake news dele”.

Entenda

O juiz Carlos Henrique André Lisboa, da 1ª Vara da Família e das Sucessões, responsável pelo inventário da ex-primeira-dama Marisa Letícia, pediu esclarecimentos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre aplicações da esposa, morta em 2017. Segundo ele, foi feito um investimento total de R$ 256,6 milhões.

O magistrado quer explicações sobre unidades de Certificado de Depósito Bancário (CBD) emitidos pelo Banco Bradesco com vencimento para 18 de maio deste ano. Cada CDB vale R$ 100, de acordo com o documento. Com isso, o investimento totalizaria R$ 256,6 milhões.

Mais lidas
Últimas notícias